Pular para o conteúdo principal

A Bela Adormecida

Na montagem infantil 'A Bela Adormecida', a rainha e o rei não conseguem ter filhos, e vivem tristes por isso. Um dia, ao passear pelo bosque, a Rainha, encontra as fadas da natureza, e elas lhes dão o dom da maternidade. Aparece, então, uma Bruxa, que lhe oferece a porção mágica, e afirma que isso poderá lhe dar uma criança. Em troca, a Bruxa diz apenas querer ser a madrinha da criança. Nasce uma princesa e, em seu batismo, varias fadas madrinhas lhes trazem presentes, como beleza, talento musical, inteligência e outras. Mas, a bruxa que foi esquecida interrompe o evento e lança como vingança um feitiço: ao completar 15 anos, a princesa Aurora, deveria espetar o dedo, o que a faria morrer. Porém, restava o presente da última fada, que chegou atrasada. Não podendo reverter o feitiço, ela suaviza a sua a morte, transformando a maldição da princesa para cem anos de sono profundo, até que seja despertada pelo beijo de um príncipe.

Postagens mais visitadas deste blog

FIM DA LINHA

O Núcleo de Artes Cênicas do SESI AE Carvalho apresenta "Fim da Linha"


14 – Não recomendado para menores de 14 anos



Um suicídio no trilho do metrô interrompe o fluxo da cidade. Três narrativas se desenrolam a partir deste trágico e, ao mesmo tempo, cotidiano acontecimento. A peça se passa em dois planos: realidade e mitológico. No plano da realidade, uma pergunta feita por uma senhora solitária no metrô instaura uma reflexão: “o que leva um ser humano a fazer uma coisa dessas?”. Personagens socialmente despidos de suas humanidades (dois mendigos e uma mulher de rua esquizofrênica), amigos e parentes do suicida tentam recontar o que poderia ter acontecido. No plano mitológico, um coro grego dialoga com essa história, resgatando, por meio de sua forma, a tragédia esquecida em um mundo onde vida e morte são constantemente banalizados. A peça é uma reflexão sobre a experiência de estar vivo e a origem das nossas tragédias.

Drama, adulto, 70min



Direção: Martha Dias/ Dramaturgia:…

Alô Boys - O Filme

Rada Rezedá e Lucival Almeida

Dias 16 e 17 de novembro, aconteceu em Maracangalha - BA (distrito de São Sebastião do Passé) a gravação do curta "Alô Boys" com produção de Lucival Almeida, Vitória Magno e Tábita Rezedá. Direção de Anselmo Vasconcellos e Roteiro de Rada Rezedá.



                                         Alunos da CAP Escola de TV e Cinema da Bahia

                           Lucival Almeida

Uma das coisas mais legais de toda produção foi a cumplicade dos alunos da CAP e da produção. Tivemos realmente muito empenho. Palmas para todos que colaboraram para que tudo desse certo!
                                  Anselmo Vasconcellos, Lucival Almeida e Wanda Chase


                                     Anselmo Vasconcellos, Geo e Rada Rezedá


Eu também fui ator no filme e fui o personagem Edson Língua de Gelo.Vale lembrar que Alô Boys conta com personagens baseados em fatos reais na década de 30 em Maracangalha. O filme foi fil…

Fotografando a Design e Atriz Carolina Brasil

Fotografando a Design da marca de biquínis Carolina Brasil. Que também é atriz e bailarina. As fotos são para matéria numa revista.